CriandoBits
Identifique-se Entrar Esqueceu a senha? Esqueci minha senha

Redes - Traceroute

Por Benedito Silva Júnior - publicado em 25/07/2016


Traceroute é uma ferramenta de diagnóstico que rastreia a rota de um pacote através de uma rede de computadores que utiliza os protocolos IP e o ICMP, implementada pela primeira vez por Van Jacobson em 1988. Atualmente está disponível em diversos sistemas operacionais como Linux , FreeBSD , NetBSD , MacOS X e Windows7.

Tracerout
Tracerout

Seu funcionamento está baseado no uso do campo Time to Live (TTL) do pacote IPv41 destinado a limitar o tempo de vida dele. Este valor é decrementado a cada vez que o pacote é encaminhado por um roteador. Ao atingir o valor zero o pacote é descartado e o originador é alertado por uma mensagem ICMP TIME_EXCEEDED.

Através da manipulação do campo TTL de uma série de datagramas UDP é possível receber esta mensagem de cada um dos roteadores no caminho do pacote. Para o caso do IPv6 é utilizado o campo hop limit, o limite de saltos dos datagramas desta versão do protocolo. A implementação disponível no Microsoft Windows utiliza apenas pacotes ICMP.

As páginas de manual atribuem a autoria da ferramenta a Van Jacobson que fez a implementação segundo a sugestão de Steve Deering. Também destacam as colaborações de C. Philip Wood, Tim Seaver e Ken Adelman. Segundo Mike Muuss, autor da ferramenta ping, o traceroute foi implementado utilizando o suporte que ele mesmo codificou no kernel ao escrever o ping.

Sintaxe:
tracert <nome do host> ou tracert <ip do host>
Exemplo:

Abra o Prompt de comando e digite:

tracert criandobits.com.br

Resultado:

Tracerout


 
Voltar a pagina anteriorVoltarSubir ao topo da páginaTopo