CriandoBits
Identifique-se Entrar Esqueceu a senha? Esqueci minha senha

Redes - Telnet

Por Benedito Silva Júnior - publicado em 22/07/2016


Telnet é um protocolo de rede utilizado na Internet ou redes locais para proporcionar uma facilidade de comunicação baseada em texto interativo bidirecional usando uma conexão de terminal virtual.
Telnet
Console do Telnet

Os dados do usuário são intercalados em banda com informações de controle Telnet em um byte de conexão 8-bit de dados orientado sobre o Transmission Control Protocol (TCP).

O Telnet foi desenvolvido em 1969 com a chegada do RFC 15, prorrogado no RFC 854, e padronizado como Internet Engineering Task Force (IETF) Internet STD Padrão 8, um dos primeiros padrões da Internet.

O protocolo Telnet é um protocolo standard de Internet que permite a interface de terminais e de aplicações através da Internet. Este protocolo fornece as regras básicas para permitir ligar um cliente (sistema composto de uma afixação e um teclado) a um intérprete de comando (do lado do servidor).

O Telnet existe há mais de 40 anos, muito antes de aparecer a Internet. Este sistema de transmissão de dados foi inventado pelas Forças Armadas Americanas para transmissão de dados entre bases militares. Foi disponibilizado ao público em 1977, tendo sido os radioamadores os primeiros a aproveitá-lo.

Portanto, pode-se dizer que a Internet trabalha por cima do Telnet, servindo-se do seu sistema para funcionar. A transmissão de dados pelo Telnet utiliza software específico que os codifica, permitindo utilizar centenas de portas por nós definidas e reencaminha-las, para o PC que pretendemos.

Se tivermos uma rede interna com vários pc's instalados, utilizando um router, abrimos uma porta para cada PC e, com o mesmo IP, os dados fluem direccionados e reencaminhados simultaneamente, sem qualquer problema. O utilizador que recebe dados combina com o seu correspondente a porta de passagem para o sistema funcionar.

A máquina que envia os dados fá-lo em pacotes. Informa o correspondente que tem dados. Este, por sua vez, dá o OK para a transmissão.

O pacote é enviado com a informação do número de bits que este tem. Só depois do correspondente ter informado que recebeu os bits todos, é que pede o segundo pacote. Se por qualquer motivo informa que os bits não chegaram todos, o envio do pacote é repetido.

Muita coisa fica ainda por dizer sobre este sistema. O protocolo baseia-se numa conexão TCP para enviar dados em formato ASCII codificado em 8 bits entre os quais se intercalam sequências de controle para o Telnet.

Fornece assim um sistema orientado para a comunicação, bidireccional (half-duplex), codificado em 8 bits fácil de aplicar. Com essa conexão é possível o acesso remoto para qualquer máquina ou equipamento que esteja sendo executado em modo servidor.

Este protocolo é um protocolo básico, no qual se apoiam outros protocolos da sequência TCP/IP (FTP, SMTP, POP3,…). As especificações de Telnet não mencionam autenticação porque o Telnet está totalmente separado das aplicações que o utilizam (o protocolo FTP define uma sequência de autenticação acima do Telnet).

Além disso, o protocolo Telnet é um protocolo de transferência de dados não seguro, o que quer dizer que os dados que veicula circulam às claras na rede (de maneira não codificada). Quando o protocolo Telnet é utilizado para ligar um hóspede distante à máquina na qual é aplicado como servidor, este protocolo é atribuído à porta 23.


 
Voltar a pagina anteriorVoltarSubir ao topo da páginaTopo