CriandoBits
Identifique-se Entrar Esqueceu a senha? Esqueci minha senha

Hardware - Fontes de alimentação

Por Benedito Silva Júnior - publicado em 03/08/2016


Uma das partes mais importantes do computador é a fonte de alimentação, pois ela é responsável por toda a distribuição de energia elétrica do computador.

Fontes de alimentação
Fonte de alimentação de 430 watts

A Fonte de alimentação do computador é projetada para transformar as tensões comuns da rede elétrica em níveis compatíveis com os requerimentos dos componentes. A fonte de alimentação converte a tensão alternada (AC) em tensões contínuas (DC ou VDC), para alimentar os componentes do seu computador.

Atualmente o padrão para desktops é o ATX12V (visto que a maioria dos gabinetes e placas mãe suporta somente este padrão), mas existe também os padrões ATX, SFX12V e TFX12V (para gabinetes compactos) e EPS (normalmente para servidores ou estações gráficas), para citar os mais comuns. Outro detalhe é que dentro de um padrão, como o ATX12V, temos várias revisões. Uma das mais atuais e utilizadas é a ATX12V v2.2.

As fontes convertem energia (AC > DC), mas infelizmente esta conversão não é perfeita, pois vários componentes presentes na fonte, tais como capacitores e diodos apresentam perdas durante sua operação. Até mesmo nos cabos há perda de potência. Se fosse perfeita, a eficiência da fonte seria de 100%. Um exemplo: A cada 100W que a fonte puxasse da tomada, 100W seriam entregues ao sistema.

Como a conversão não é perfeita, o que acontece com a parcela que não é transformada em energia para o seu sistema? Ela é praticamente toda transformada em calor. Ou seja, se uma fonte tem eficiência de 50%, então para cada 100W que ela "puxa" da tomada, 50W são realmente entregues para o sistema e os demais 50W são transformados em calor. Para gerar os mesmos 100W para o sistema, a fonte com 50% de eficiência teria que puxar 200W da tomada.

Portanto, quanto maior a eficiência da fonte, menor será o gasto com energia elétrica porque menos energia AC será consumida pela fonte. Além disso, com menos calor sendo dissipado no interior de seu gabinete, o sistema como um todo tende a operar de modo mais estável.

Dependendo da eficiência da fonte e o uso do sistema, a economia é grande. Veja:

- Uma fonte de 500 watts, com 90% de eficiência, necessita consumir 555,5 watts da tomada;
- Uma fonte de 500 watts, com 80% de eficiência, necessita consumir 625 watts da tomada;
- Uma fonte de 500 watts, com 65% de eficiência, necessita consumir 769 watts da tomada;


 
Voltar a página anteriorVoltarSubir ao topo desta páginaTopo