CriandoBits
Identifique-se Entrar Esqueceu a senha? Esqueci minha senha

Hardware - Formate sua máquina sem medo

Por Benedito Silva Júnior - publicado em 03/08/2016


Formate sua máquina sem medo

Uma das decisões mais drásticas em se tratando de montagem e manutenção de computadores é, sem dúvidas, a formatação de máquina.

Para os leigos no assunto é um bicho de sete cabeças, para os profissionais da área uma decisão delicada que exige atenção e cuidado.

Perder informações relevantes nesse processo de manutenção pode significar grandes prejuízos, tanto para os usuários quanto para o profissional, que talvez nunca mais terá esse usuário como seu cliente.

Para eliminar, ou pelo menos minimizar, os riscos de perda de informações importantes e, consequentemente, de clientes siga os seguintes passos:

Obs.: Cada link abaixo leva para uma videoaula específica.

1. Fazer o backup de arquivos pessoais, mensagens do Outlook, desinstalar o Office (caso o software seja original - isso evita que seja necessário validá-lo novamente por telefone);

2. Instalar o sistema operacional e validá-lo, e criar um ponto de restauração;

3. Criar a(s) conta(s) de usuário e um disco de recuperação para cada conta, além de criar um conta de administrador;

4. Criar uma partição no disco para guardar arquivos e drivers importantes, e compartilhá-lo com a máquina administradora;

5. Instalar os programas básicos (antivírus, Office, Adobe Reader, descompactador e programas para manutenção);

6. Restaurar o backup das mensagens do Outlook;

7. Nomear a máquina na rede. A nomeação deve seguir a regra: <NOME_DO_USUÁRIO> - <PC ou NB (caso seja um Notebook)>;

8. Habilitar o acesso da máquina a impressora da rede (caso houver);

9. Mapear unidades de rede, caso algum programa precise acessar recursos em outra máquina;

10. Habilitar acesso remoto à máquina pela máquina administradora (para futuras manutenções remotas);

11. Compartilhar as pastas para acesso pela máquina administradora (para transferências de arquivos importantes para futuras manutenções);

12. Criar outro ponto de restauração.

Seguindo os procedimentos acima os riscos de perda de informações úteis serão praticamente anuladas e as chances de manter o cliente serão potencializadas.


 
Voltar a página anteriorVoltarSubir ao topo desta páginaTopo